MÍDIA CONSEGUE ALGO INÉDITO: UM PRESIDENTE DENUNCIADO POR CORRUPÇÃO

Decisiva na construção do golpe de 2016, a mídia brasileira se vê forçada a estampar em suas capas uma manchete que envergonha o Brasil diante do mundo e dos próprios brasileiros: pela primeira vez, o Brasil tem um ocupante da presidência, Michel Temer, denunciado por corrupção em pleno exercício do cargo; depois de colocá-lo no poder, a elite brasileira ainda não encontrou uma forma de se libertar desse pesadelo.

247 – As capas dos maiores jornais do Brasil nesta terça-feira não deixam dúvidas: o golpe afundou o Brasil em uma crise não só econômica, mas também de moralidade política. 

PUBLICIDADE

Pela primeira vez na República, o Brasil tem um ocupante da presidência, Michel Temer, denunciado por corrupção em pleno exercício do cargo.

Apoiadora e uma das responsáveis pelo golpe, a grande imprensa não teve outra saída a não ser noticiar o fracasso da coalizão golpista que colocou no poder.

Depois de colocá-lo no Planalto, a elite brasileira ainda não encontrou uma forma de se libertar desse pesadelo