‘Temer é uma margem de erro’, diz Ságuas em reunião do Diretório do PT-MT

O Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso (PT-MT) se reuniu no sábado (07.10), em Cuiabá, para deliberar sobre as ações do partido no próximo período. O encontro contou com a presença do deputado federal Ságuas Moraes (PT); do presidente do PT-MT, deputado estadual Valdir Barranco; dos vereadores por Alta Floresta, Mequiel Ferreira (PT) e por Ribeirão Cascalheira, Izabel Fernandes (PT); e demais lideranças.

Em discurso, Ságuas realizou uma análise da conjuntura política nacional. Segundo ele, o governo ilegítimo de Temer ainda se sustenta em função do apoio do Congresso e das Elites Econômicas, principalmente a financeira. “Michel Temer é uma margem de erro, pois possui apenas 3% de aprovação. Porém, ele se sustenta no Mercado Financeiro e no Congresso com liberação de emendas e cargos”, disse.

Por sua vez, o presidente Barranco fez um relato das mazelas do atual governo estadual de Pedro Taques. “Somos Oposição na Assembleia Legislativa a esse governo incompetente, que até agora não disse a que veio”. Barranco também lembrou as diversas denúncias de corrupção e o escândalo da grampolândia pantaneira, que levaram para a prisão seis secretários de Estado.

Ao final do Encontro os petistas deliberaram sobre as agendas políticas do partido nesse último trimestre de 2017, bem como sobre o planejamento partidário.

Assessoria de Imprensa

Deputado Federal Ságuas Moraes (PT-MT)